45ª Quermesse do Templo Budista

Desafio

Desde 2012 o Templo Budista de Brasília nos convida para o desafio de desenvolver o conceito de comunicação da Quermesse. O trabalho sempre parte de um tema proposto pela equipe do Templo, que precisa portar valores budistas e comunitários, e que deve ser tangibilizado de maneira apelativa nos materiais de promoção da festa. O tema da 45ª edição da festa foi “Comunidade Presente”.

Desta forma, o conceito de comunicação deveria representar o papel da sociedade na renovação e longevidade do Budismo, criando um universo imagético de colaboração, convívio, fertilidade e paz.

Solução

Partindo de diálogos com a equipe do Templo, estruturamos uma “cena” global que tivesse raízes no ideário budista e ao mesmo tempo criasse uma atmosfera em que a comunidade nutre e “se nutre” do budismo. Após uma pesquisa de estéticas budistas, decidimos por uma abordagem visual que contivesse caracteres japoneses, mas ao mesmo tempo trouxesse modernidade, acolhimento e otimismo.

O resultado foi uma cena em que a árvore do Budismo cresce das mãos do Buda, e é cuidada pela comunidade, ao mesmo tempo em que oferece sombra e proteção. O conceito foi escoado em diversos produtos de comunicação, nos videos de divulgação da festa e em souvenirs vendidos na loja do Templo.

Resultados

A quermesse de 2018 foi amplamente visitada e elogiada tanto presencialmente quanto em seus canais de redes sociais. Mais de 24 mil pessoas visitaram o evento na edição deste ano. A loja do templo, este ano planejada e revitalizada tanto no seu conceito como na sua divulgação (com videos promocionais e material explicativo), conseguiu mais que dobrar as vendas em relação ao ano de  2017.

O que fizemos

Equipe

Gestão do Projeto
Jorge Verlindo
Gestão Cliente
Sabrina Otani
Direção de Arte
Jorge Verlindo
Designer Gráfico
Ana Terra
Design Sinalização
Raphael de Medeiros
Videomaker
Isabelle Araujo
Redes Sociais [cliente]
Santhiago Cavalcanti

"A Verlindo nos orientou em diversos projetos gráficos e digitais, sempre com competência técnica e atenção aos prazos. O que mais me chamou mais atenção foi a metodologia de relacionamento com o cliente, sempre respeitando às ideias e valores da instituição e, ao mesmo tempo, sugerindo caminhos inovadores. Como resultado, o Templo de Brasília vêm angariando muitos frequentadores e o respeito da comunidade de Brasília!"

Cris E-gen Sato
Monja Auxiliar do Templo Budista