Tom de voz versus Performance de Marca, de qual destes sua empresa mais precisa agora?

Tom de voz versus Performance de Marca, de qual destes sua empresa mais precisa agora?

Image for Tom de voz versus Performance de Marca, de qual destes sua empresa mais precisa agora?

Boa parte das demandas de comunicação que nos chegam hoje de clientes podem ser qualificadas em necessidades de tom de voz ou de performance de marca. Ambas as dimensões da comunicação são muito importantes, cumprem papéis coordenados na atuação da empresa frente a seu público, mas demandam um mindset, operações e timing e diferentes.

Tom de voz pode ser entendido como o posicionamento da marca. Vamos chamá-lo aqui dessa maneira considerando a metáfora de que sua pessoa jurídica é uma pessoa física. Se sua empresa fosse uma pessoa, como ela seria? Seria mais feminina ou masculina? Mais acolhedora ou mais agressiva no mercado? Quais seriam os grandes temas da vida institucional da sua empresa? O que ela faria bem pela sociedade e na relação com seus clientes?

Parece algo intangível, mas essa dimensão empresarial é fundamental nas dinâmicas entre clientes e empresas. Pare para pensar: da última vez que você ficou satisfeito ou teve problemas com uma empresa X de internet, como foi a sensação? Você reagiu ao CNPJ, aos milhares de funcionários, aos seus escritórios em outros estados ou teve uma reação similar à que teria com outro ser humano?

Vamos entender como Branding a disciplina que cuida hoje do tom de voz das marcas. Um bom serviço de branding pode adequar ou transformar desde o nome da sua empresa até a forma como os seus funcionários atendem os clientes, passando pelo ambiente físico, website, identidade visual e, finalmente, o tom de voz de todo conteúdo que a representa.  Grosso modo, o tom de voz da sua marca vai portar elementos racionais e emocionais, com os quais os clientes vão se relacionar na hora de interagir com ela .

Uma vez definido o tom de voz, chega a hora de a marca escoar sua identidade e ofertas de produtos/serviços para sua audiência.  Aqui já estamos falando de Performance: um conjunto de operações de marketing, compra de mídia, desenvolvimento de estratégias online e offline que vão estreitar a distância entre as várias dimensões da sua empresa e as necessidades e desejos de seu público. Serviços de performance vão desde ações offline como promoções e eventos, passando por campanhas tradicionais e chegando finalmente à performance digital, que é a irmã mais nova dessa grande disciplina.

A performance digital hoje é um campo amplo e com muitas oportunidades de publicidade para as marcas. Seja via campanhas de marketing digital ou rotinas de conteúdo nas suas redes sociais, ela assume grande relevância principalmente pelo fácil acesso aos usuários (já que todos nós estamos conectados boa parte do tempo, e as ações de marketing chegam direto aos nossos dispositivos), pela amplitude e profundidade dos dados sobre o público (hoje tudo o que você faz na internet vira dados que falam sobre seu perfil de uso e interesses) ou pela precisão do monitoramento de resultados, uma vez que qualquer iniciativa no âmbito digital é capaz de oferecer quantitativos detalhados sobre seu alcance e relevância. Dessa forma, performar ações no mundo digital hoje deixou de ser um luxo dos entendidos para assumir papel central no marketing das empresas.

O principal complicador desse contexto é que poucos pequenos e médios empresários se atentam a estas duas grandes dimensões da comunicação de suas empresas e podem, por isso, ter um desempenho aquém de seus objetivos. Uma dica que sempre damos aos nossos clientes é: defina o tom de voz da sua empresa antes de investir em performance.

Imagine que o marketing digital e as redes sociais vão levar a cara da sua marca a milhares de pessoas. Você não vai querer expô-la antes de ter uma boa identidade visual e conteúdos que a apresentem de forma relevante e consistente. Do contrário, essa exposição pode trabalhar contra seus objetivos ou queimar a oportunidade da marca atingir seu público de maneira sólida e passar a ser uma referência em seu mercado.

Desse ponto de partida, levanto a reflexão: do que sua marca mais precisa agora? De tom de voz ou de performance?  Se você não conseguir responder essa questão, pode ser a hora de procurar um profissional ou uma agência de comunicação para lhe ajudar nos próximos passos.

Newsletter

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.